quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

the first flower after the flood


(photo by me)



Tenho escrito vários posts mas depois não chego a publicá-los.
Sobre príncipes e precipícios. Quem sabe um dia.



Quando era miúda vi uns desenhos animados de que nunca mais me esqueci. Contavam a história de uma rapariga nova a quem tinham oferecido um gato bebé. Ela tocava piano (num daqueles pianos de parede, em madeira escura) e ele tinha o hábito de se ir deitar lá em cima, enquanto ela praticava. Ao fim de algum tempo, sempre que ela falhava uma nota, o gatito levantava a cabeça com ar espantado, como se já conhecesse as melodias de cor. Ela parava e recomeçava.

Os anos foram passando, a rapariga tornou-se senhora e o gatinho tornou-se gato. Ela tocava e ele ouvia. E quando o gato estava bem velhote e a senhora percebeu que o fim estava próximo, tocou para ele uma última vez. Sem falhas.

Não sei porquê mas sempre imaginei que aquela senhora era eu e que havia de tocar piano e de ter um gato que me ouvisse. Hoje lembrei-me desta história e de como todos nós procuramos dedicação... na vida, nos outros. A dedicação de uma criança ao piano, a dedicação de um animal ao seu dono. Mas às vezes não funciona assim.


Só quero que a Primavera chegue, dia 21 de Março.

E vou ter um gato.

.

8 comentários:

um cigarro. disse...

eu tenho um gato há 11 anos e a única coisa que me ocorre é que não podia ter tido companhia melhor para todos os meus momentos.

(neste momento tenho 6,30 kg de amor no meu colo ^^)

estou mortinha pela primavera para o ver espirrar e lhe desejar parabéns pelos 12 anos (:

*

chinfrim disse...

:D Que sorte! Espero que festejem bem essas 12 Primaveras. Estou ansiosa por ter o meuuuu

Pacica disse...

Adorei a foto do jasmim :) é o meu cheirinho preferido e tras sempre coisas boas com ele.

e o gatinho, é para a casa nova?

um cigarro. disse...

parte de mim está livre. só que muitas vezes a culpa dessa liberdade impede a outra parte de avançar.

mas obrigada. *

Marta disse...

<3

**

Anónimo disse...

Parabéns pelo seu futuro GATO!
Quando o escolher, tenha especial atenção ao GÉNERO, eu conheço quem estivesse convencido que tinha um cão e afinal tinha uma cadela!
Também estou de acordo que a história da dedicação nem sempre funciona direito,mas que se há-de fazer,insista,não esmoreça, dedique-se o mais possível...aos GATOS,evidentemente!

Cão

um cigarro. disse...

é linda, não é?
é de um dos meus filmes preferidos e com a vozinha do lindo do eddie vedder :')

*

um cigarro. disse...

a perfect circle.
mas tem o maynard, siim!, é como se fosse (:

hehe *