segunda-feira, 8 de novembro de 2010

muro das lamentações



Neste fim-de-semana apercebi-me de que não escrevia no meu diário há mais de dois anos. Tenho uns 5 ou 6 volumes de diário, caderninhos bonitos a rebentar pelas costuras, uns a desfazer-se mais que outros, uns mais pessimistas, outros mais sonhadores, mas todos muito repetitivos. 

Quando for velhinha e não tiver vergonha, mando publicar. 

Uma pessoa deve sempre manter um diário, ou vários, como eu. Lê-los ajuda-nos a não repetir erros do passado, ou simplesmente faz-nos dar umas boas gargalhadas.

2 comentários:

um cigarro. disse...

o que importa é que não estejamos a cometer os mesmos erros do passado sem nos apercebermos disso !

joana padrel disse...

Alguns erros nem são dignos de registo, o problema é se não se conseguem apagar da memória.

Mas uma profissional da escrita tem a obrigação de ir escrevendo mesmo se tiver que reescrever tudo de novo.